Home / Comportamento / Você Recebe Bem Elogios? Prosperidade

Você Recebe Bem Elogios? Prosperidade

“Lembre-se de que receber é tão necessário quanto dar. Receber graciosamente é uma expressão da dignidade de ofertar. Os que não conseguem receber são incapazes de dar. Dar e receber são diferentes aspectos do fluxo de energia do universo.

Não se trata apenas de coisas materiais. Receber com elegância um cumprimento, um elogio ou manifestação de respeito, implica a capacidade de retribuí-los. A ausência de respeito, cortesia, boas maneiras ou admiração, cria um estado de pobreza, não importa quanto dinheiro a pessoa possua” (Deepack Chopra)

Nossos caminhos são como estradas. Tem fluxos para ambos os lados. Vamos para a direita ou esquerda, para cima ou para baixo, para frente ou para trás. Temos um sério problema social que nos é “enfiado” na mente desde crianças de que sempre poderíamos fazer melhor, nunca está bom ou que fazemos sempre tudo errado (ou fazemos tudo mais ou menos). Assim, sabemos elogiar, mas não sabemos receber elogios. Sabemos doar, mas não aceitamos receber. Essas são as bases do orgulho enraizado em todos nós.

Perceba que a prosperidade (ou o dinheiro) é uma forma de energia. Nossas energias são gerenciadas pelas nossas sombras (que moram no inconsciente) e são essas forças da sombra que vão das as ordens a elas (energias). Se nós educamos a nossa força a só dar e nunca receber (porque poderíamos ter feito melhor), isso se torna um hábito da sombra. Ela doa tudo e repele a entrada da prosperidade.

Ela (sombra) aprendeu que ser bom é sempre ceder aos outros, então “joga” todo seu poder magnético nos outros. Se é esse seu caso, você deve ser do tipo que sempre está com problemas financeiros, mas quem está ao seu redor sempre acaba prosperando. Você doa sua energia de prosperidade para os outros: é o conceito mal interpretado da caridade.

As religiões cristãs, para se tornarem milionárias, hipnotizaram as pessoas incutindo que é lindo ser pobre, como se pobreza fosse sinônimo de bondade. Não é porque uma pessoa é miserável, que é um anjo. Nem porque uma pessoa é milionária, que é um demônio. Até porque essas mesmas igrejas são milionárias!

Uma coisa são seus atributos morais, outra coisa é sua vida financeira. Você pode ser milionário e ter um ótimo coração. Aliás, é bem mais fácil para alguém que não tem problemas financeiros ajudar os outros, do que alguém que não tem nem pra ele, poder prestar auxílio.

Necessitamos rever essas programações mentais que nos prejudicam, e reprogramar nossas sombras (inconsciente) para que trabalhem a nosso favor. Veja que quando você faz um elogio a alguma característica da pessoa, a roupa que ela está vestindo ou a situações que a envolve, normalmente recebe respostas como:

“-Imagine, esse sapato já está até velho, comprei numa promoção” (não perguntei se era novo, falei que era bonito, e a pessoa já o está depreciando);

“Obrigado, minha casa é simples, estou pagando em N prestações” (não perguntei se estava pagando, só disse que a casa era bonita);

É um perfil destrutivo, e que demonstra claramente que você não se considera digno(a) de coisas boas, de receber elogios. É o conceito de “pra ser visto como bom (e humilde) tenho que me depreciar. Centenas de artistas bilionários (como Beyonce, Bono Vox, Brad Pitt, Luciano Pavarotti, Michael Jackson etc) ficaram famosos exatamente por serem extremamente ricos e estarem sempre preocupados com o próximo. Sabem (ou souberam) usar uma parte de sua prosperidade para si e outra parte para auxiliar quem precisa. Não se deslumbraram com a prosperidade ao ponto de inferiorizarem os outros e tratá-los como doentes que precisam ser mantidos longe! É só observar!

Humildade é do espírito, é ser simples. Mas pra ser simples não precisa estar na miséria. Humildade e simplicidade não é sinônimo de pobreza. O Silvio Santos aparentemente é um homem simples, porém milionário. Esse é um conceito que a Igreja Católica inventou, para que ELES fiquem milionários e quem os segue doem tudo que tem. Preceba que ATÉ PARA DOAR DINHEIRO PARA CAUSAS BENEFICENTES, PRECISAMOS PRIMEIRAMENTE TER ESSE DINHEIRO!

A prosperidade não é algo ruim! É algo maravilhoso. Se queremos ter uma vida feliz, temos que quebrar esse paradigma que foram enfiados em nossas cabeças. Você pode SIM ser humilde, simples, caridoso e mesmo assim ter uma vida próspera! Esse conceito não é só pra dinheiro. Serve para saúde, amor, amizades, família…. o que está ocorrendo com você é o que você ordena (inconscientemente)  que suas forças magnéticas atraiam. Assim, se as coisas não andam bem, a responsabilidade é inteiramente sua. É você que ordena o que entra e sai em sua vida.

Reflita, reveja seus conceitos, e não julgue ninguém. Se os seus pais que te ensinaram errado, eles fizeram o melhor que podiam. Mas você não é uma criança que depende dos pais. Você já cresceu, portanto, assuma suas responsabilidades e faça as mudanças que quer para a sua vida sem culpar seus pais. Quer prosperidade? Então seja próspero consigo mesmo!

Agora… se você espera que o Exú do Ouro ou qualquer outra “força mágica”, vá resolver sua vida financeira, sente, chore e continue na mesma. Nada vem de graça! As coisas que te envolvem vem pela SUA mão, não pela mão de nada externo! Quando você se torna próspero, o dinheiro é apenas um reflexo do seu comportamento. Ele brota, acredite.

Dica: no dia que receber um elogio e não se sentir incomodado, significa que suas forças inconscientes aprenderam que você tem valor e que tem que trabalhar para/por você.

Abraços.

 

Comentários

comentários

About Carlos Machado Jr (Caju)

Leonino com ascendente em Sagitário. Estudo e me interesso por mediunidade, espiritualidade, astrologia, esoterismo, Umbanda, psicologia, parapsicologia, comportamento, religiões, orixás, ocultismo, oráculos, filosofia e mais uma dezenas de temas. :-)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.