segunda-feira , 23 julho 2018
Home / Esoterismo / Numerologia da Personalidade: o dia em que você nasceu
O dia que nascemos fala muito sobre nossa personalidade.
O dia que nascemos fala muito sobre nossa personalidade.

Numerologia da Personalidade: o dia em que você nasceu

Segundo a numerologia, o dia em que nascemos influi em nossa personalidade. Será que é verdade? Vamos testar se combina com você?

No método numerológico que pratico, utilizo os números “primários” (de 1 a 9), pois creio que todos os demais são secundários e caem na vibração dos 9 principais. Assim, quando um número é superior a 9, fazemos uma redução para verificar a vibração original.

Vou dar um exemplo. Eu nasci no dia 19. Como o número 19 é superior a 9, eu faço a redução. Somo os 2 algarismos. 1+9 = 10. (percebam que ainda é superior a 9, então reduzo novamente). 1+0 = 1. Meu número de personalidade seria o 1.

Outro exemplo. Se você nasceu no dia 31. Somando o 3+1, tenho como resultado o número 4. Então seu número de personalidade é o 4.

Vejamos o que o número associado ao dia que você nasceu diz sobre sua personalidade:

Significado de cada número de personalidade

Número 1: É um número de liderança. Pessoas que gostam de causar impacto e serem admiradas. Você tende a dar ordens e dizer aos outros o que deve ser feito. Não aceitam ordens muito bem. São livres e um pouco individualistas. Ficam arrasados caso se sintam reprimidos, ignorados ou criticados.

Dicas:

– Procure no final de todo dia registrar o que você fez. Um diário é uma boa opção;

– Semanalmente, procure algo novo para fazer, isso te estimula. Você aprecia coisas novas;

– Relaxe um pouco! Seu brilho natural funciona melhor quando não está tentando ser diferente ou fingindo algo que não é.

 

Número 2: As pessoas que tem o número 2, tendem a estar sempre fazendo de tudo para deixar os outros a vontade, para agradar as outras pessoas. São muito perceptivos e conseguem notar situações desagradáveis e desavenças “no ar”. Com sua diplomacia, sabem como , “botar panos quentes”. São os apaziguadores. Excelentes ombros para os amigos chorarem, porque sabem ouvir, compreendem e tentam ajudar como podem. Tomem cuidado para não abrirem mão de seus sonhos e desejos fazendo só o que acham que os outros querem. Tem que desenvolver a sua própria vontade também.

Dicas:

– Evite situações de conflito, pois te abalam muito;

– Quando estiver com medo e insegurança, pense que é melhor se arrepender do que fez ao invés do que não fez;

– Peça ajuda. Ninguém vai adivinhar o que se passa no seu coração;

– Quando se sentir subestimado ou inferior, faça um exercício de elogio no espelho, converse com você mesmo.

 

Número 3: O número 3 é aquele amigo que sempre gostamos de ter perto. Sempre quando vemos uma rodinha dando risada, uma turma se divertindo numa viagem, entre eles certamente existe um 3. Não é sempre que estão dispostos a festividades, mas quando se propõe e isso, são divertidos, conversam bem, gostam de ver as pessoas se divertindo. Tendem a falar pelos cotovelos, mas – em geral – são assuntos que divertem e entretém. Tomem um pouquinho de cuidado com a boca grande, evitem fofocas e ridicularizar outras pessoas como forma de fazerem piada. Quanto mais generoso, mais popular! Não esqueçam disso!

Dicas:

– Não deixe seu otimismo se perder. Tenha sempre atitudes e pensamentos positivos;

– Tire proveito das oportunidades, afinal a chance que você tem hoje, pode não ter amanhã;

– Estabeleça prioridades;

– Morda a língua antes de dizer qualquer coisa de outra pessoa.

 

Número 4: Gosta de estabilidade. Pacientes, perseverantes, pessoas de confiança. Possuem uma tendência a acharem que os outros não são confiáveis, ou não fariam as coisas tão bem como você. A segurança é sempre sua meta, por isso tende a ter hábitos (mesmo que não reconheça). Muito realistas, as vezes podem ficar meio pessimistas, porque veem as coisas como efetivamente são, e nem tudo são flores. Sabe que nada vem de graça ou cai do céu. É do tipo que está sempre preocupado, enquanto os outros estão se divertindo.

Dicas:

– Tire mais tempo pra você, execute atividades em que consiga se desligar do mundo;

– Orgulhe-se por ser capaz de realizar coisas sem desistir no meio do caminho;

–  Aceite elogios. Nem tudo que chega no seu ouvido é falso;

– Se sentir que está se deprimindo(a), arrume atividades e ocupe integralmente o seu tempo.

 

Número 5: São espirituosos, cheios de vida e engraçados. O número 5 está sempre cercado de gente animada e divertida, porque eles também são assim. Impulsivos, mudam de ideia muito rápido. As vezes detestam uma pessoa e no dia seguinte essa mesma pessoa se torna a melhor amiga de infância. Tem muita facilidade em ver “outros lados” então simplesmente mudam de opinião. Adoram novidades, fofocas e acontecimentos. Estão sempre antenados em tudo, mesmo não indo muito a fundo. É um número de muita comunicação e mobilidade. Adoram novas experiências, novas culturas e coisas do tipo. Não se envolvem muito emocionalmente, morrem de medo de ter suas asinhas cortadas e se sentirem sufocados.

Dicas:

– Lembre-se que você tem 2 ouvidos e uma boca só, então fale menos e ouça mais;

–  Os outros também querem falar; alguns assuntos merecem ser aprofundados, não seja tão superficial em tudo, conhecendo apenas o básico. Faça as perguntas certas;

– Não fique focado em buscar respostas de forma aleatória;

– Elabore o que realmente quer saber e pergunte de forma adequada, interessada.

 

Número 6: São os charmosos. Criam beleza e equilíbrio aonde chegam. Adoram tudo que é agradável aos olhos, e ajudam as pessoas a deixarem as coisas mais harmoniosas. Não gostam de assuntos polêmicos – como política, por exemplo – e mudam o “rumo da prosa” com diplomacia. Excelentes anfitriões, servem muito bem os outros, e só quando todos estão bem, que vão cuidar de si. Vaidosos, estão sempre bem cuidados. Odeiam injustiças. Evitem ser competitivos e caírem em fofocas por questões de ciúme ou inveja de alguém supostamente estar fazendo algo melhor do que vocês fariam.

Dicas:

– Você não pode ser sempre perfeito. Aprenda a lidar com isso;

– Não se comprometa demais. Você não pode fazer tudo por todos nem estar em todos os lugares ao mesmo tempo;

– Aprenda a dizer o que sente de um jeito calmo e agradável.

 

Número 7: O número 7 parece estar sempre perdido nos próprios pensamentos. Mesmo que pareça estar focado no que alguém está falando, sua mente já está pensando em outras coisas, analisando possibilidades. Nem sempre consegue expressar em palavras o que está em sua mente. Possuem padrões altos, o que pode fazer com quem sejam seus próprios inimigos, nunca nada está bom (ou poderia ser feito melhor). Devem dar mais ouvidos para sua intuição / emoção, ao invés de serem tão mentais. São grandes conselheiros.

Dicas:

– Aprenda a se desligar do mundo, através de alguma atividade. Pensará com mais clareza e terá melhor qualidade de vida;

– Não perca tempo procurando problemas ou investigando coisas que não valham a pena;

– Desenvolva a intuição;

– Estude, pois você sempre se sente excelente quando se dedica a algum tipo de estudo ou formação;

– Quando sentir medo, se pergunte “quando em meu passado ocorreu o pior? Por que eu sempre fico pensando dessa forma?”.

 

Número 8: Gosta de se sentir importante e diferenciado. Pessoas com o número da personalidade 8, assumem o controle das situações com facilidade. São práticos, líderes, gostam de ter as coisas bem planejadas. Excelentes administradores. Adoram dizer as pessoas o que elas devem fazer, adoram ser “diretor-presidente”. Tiram o melhor de todos através da autoconfiança que tem de si mesmos. Gostam de se influentes e acreditam que ninguém pode realizar algo tão bem quanto eles. São bastante orgulhosos e não lidam bem com fraquezas alheias.

Dicas:

– Pense que só se enriquece em grupo, ninguém é sozinho ou faz nada sozinho na vida;

– Evite ilusões de grandeza e santificações por pessoas que só estão tentando agradar você;

– Sempre tenha um plano B, afinal, você não aprecia riscos ou surpresas.

 

Número 9: São os mais introspectivos e solitários. Mente aberta, mas um pouco ingênuos. Como detém praticamente características de todos os outros números, compreendem o ser humano, acabando por se tornarem os conselheiros. Querem que cada um se encontre da melhor forma. São compreensivos, incentivadores e psicólogos. Passam a impressão de uma vida perfeita, mas escondem seus problemas, pois consideram que ninguém é obrigado a ficar ouvindo suas lamúrias. Se caírem no lado negativo do número, entram em depressão  com facilidade e tornam-se pessimistas: nada na vida parece valer esforço nenhum.

Dicas:

– Faça uma lista de ditados sábios aos quais recorrer quando precisa e deixe-os a vista;

– Você tem que aprender que não deve ser o melhor em compreender tudo;

– Envolva-se em coisas que considera improváveis, inacessíveis ou maiores que você. Talvez você seja maior do que pensa;

– Seja paciente e saiba esperar, pois sempre novas inspirações chegarão pra você.

 

E aí? bateu com sua personalidade? Não esqueça de comentar! 😉

Comentários

comentários

About Carlos Machado Jr (Caju)

Leonino com ascendente em Sagitário. Estudo e me interesso por mediunidade, espiritualidade, astrologia, esoterismo, Umbanda, psicologia, parapsicologia, comportamento, religiões, orixás, ocultismo, oráculos, filosofia e mais uma dezenas de temas. :-)