Home / Espiritualidade / O Ano de 2014 (Previsões)

O Ano de 2014 (Previsões)

O Planeta regente de 2014 será Júpiter, que em sua essência é um planeta de expansão, de abundância. Esse poder de expansão pode auxiliar em algumas questões, e nos “prejudicar” em outras, pois até as nossas características negativas, tendem a ser ampliadas, fazendo com que venha à tona um lado que escondemos (ou tentamos esconder) até de nós mesmos.

Crescimento, discernimento, liberdade, e espiritualidade são palavras que estarão em alta. Será um ano de diversidade e que facilitará o conhecimento de outras culturas.

 

Os Orixás regentes de 2014 serão Xangô e Iansã.

 

Estamos diante de um ano de colheita e de mudanças rápidas, radicais e significativas. As forças desses dois orixás combinados, irá “levantar o tapete” e trazer toda a poeira que está escondida embaixo. Toda a “sujeira” ou ações e comportamentos que estamos escondendo até de nós mesmos, tendem a ser revelados, se tornarão públicos, sem piedade.

Principalmente a partir do mês de Março, muitas relações (comerciais, afetivas, familiares) que aparentemente são sólidas, serão chacoalhadas, e se não estiverem efetivamente estabilizadas serão derrubadas pelos ventos de Iansã.  É necessário que o karma se cumpra e as energias se dissipem.

A melhor alusão a esse período é a historinha dos Três Porquinhos. As casas serão sopradas. As que não foram construídas corretamente, com estruturas sólidas, e com trabalho, serão derrubadas.

 

Lado negativo de 2014:  as pessoas terão seus karmas cobrados e intensificados. Quem estiver fora do caminho, vai ficar sem chão, para encontrar o caminho certo. Para que as pessoas encontrem seu caminho, ocorrerá exposição de tudo que não está indo bem. Muitos relacionamentos vão terminar, traições tendem a ocorrer e serem descobertas,  dezenas de escândalos políticos e problemas cardíacos, pessoas que ocultam a sexualidade tendem a ter a “porta do armário arrombada”, profissionais que procrastinam e não executam com competência suas funções serão demitidos, doenças psicoemocionais serão intensificadas e se tornarão mais graves.

 

Lado positivo de 2014: teremos a oportunidade de agir como devemos, de seguirmos nossas vocações e caminhos, sem influência da ilusão ou do comodismo que eventualmente possamos estar vivendo. Quem estiver perdido, irá encontrar um direcionamento, e poderá finalmente seguir os caminhos certos, rumo a auto-realização. Não é um ano de moleza, de levar com a barriga (como foi 2013). Bem vulgarmente falando, seremos jogados na água, sem dó e o recado será: “ou aprende a nadar, ou se afoga”.

 

Em minha visão, será um ano muito difícil para alguns. Entretanto, penso que para o nosso desenvolvimento individual (e também coletivo), estava fazendo falta uma influência astral mais “radical” como essa que se aproxima e se intensificará nos próximos meses. Se estamos fazendo as coisas certas, ótimo, nossa prosperidade será duplicada. Se estamos fazendo as coisas erradas, isso tudo virá à tona, para que como uma Fenix, possamos refletir, e nos reerguer das cinzas.

 

Comentários

comentários

About Carlos Machado Jr (Caju)

Leonino com ascendente em Sagitário. Estudo e me interesso por mediunidade, espiritualidade, astrologia, esoterismo, Umbanda, psicologia, parapsicologia, comportamento, religiões, orixás, ocultismo, oráculos, filosofia e mais uma dezenas de temas. :-)

Deixe uma resposta